a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

HCP Grândola de regresso ...

terça , Out. 16 2018
63

Nomeações de 18 a 25 de ...

terça , Out. 16 2018
292

Espanha disposta a ...

terça , Out. 16 2018
110

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
55793

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
23738

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19045

Hélder Nunes – “Não ...

quarta , Jan. 25 2017
786

3.ª D- Sul- HC Santiago ...

terça , Abr. 24 2018
149

Marcelo Ribeiro (Juv. ...

sexta , Mar. 03 2017
789

P2103667

SC Tomar – C Infante Sagres 5-1

O SC Tomar segue em frente na Taça de Portugal após vencer o Infante Sagres por 5-1, num jogo onde a formação ribatejana, em particular na segunda metade acabaria por justificar o triunfo.
Numa primeira parte onde o equilíbrio foi notório desde o inicio, as oportunidades foram surgindo e acabaria por ser a equipa do Infante a inaugurar o marcador por intermédio de João Pinheiro à passagem dos 9 minutos.
A equipa sportinguista mostrava alguma lentidão e previsibilidade nos processos ofensivos e só perto do intervalo conseguiria fazer a reviravolta no marcador com golos de Hernâni Diniz (de grande penalidade) e Pedro Martins, numa fase de maior ascendência leonina.
Pedro Martins voltaria a marcar, já na segunda metade, aos 9 minutos numa fase onde a equipa visitante jogava em inferioridade numérica após a exclusão com azul de Bruno Fernandes.
A equipa do Infante de Sagres tem oportunidade para empatar mas João Candeias desperdiça o LD correspondente à 10.ª falta do SC Tomar.
Com os leões a mostrarem-se mais afoitos as oportunidades junto da baliza de “Joka” aumentavam com o jogo a mostrar-se mais “mosculado”.
Carlos Rodrigues aos 15 minutos vê azul e João Sardo chamado a marcar o LD não perdoa e faz o 4-1. Novo azul para o Infante de Sagres à passagem dos 19 minutos, desta feita para o guardião “Joka” com Paulo Passos a fazer o 5-1 na conversão da GP.
Até final assistiu-se a um SC Tomar a gerir o resultado para não ser surpreendido perante um Infante de Sagres abnegado mas sem soluções para poder inverter o marcador.
Partida com vencedor justo, num jogo que não primou pela excelência, e que valeu pelos golos que aconteceram no Municipal “Cidade de Tomar”.
Arbitragem com alguns erros mas sem qualquer influência no resultado final desta partida.

workshops para rodapé Noticias ExtensãodeSobrancelha