27867964 1612389732174904 5936364477382466050 n

«A Juventude de Viana tem este Sábado, às 21h30, em Monserrate, um jogo importante para as suas aspirações na Taça CERS. Os quartos de final reservam um duelo, a duas mãos, com o OC Barcelos.

A incerteza quanto à utilização de Francisco Silva e Emanuel Garcia ainda persiste, no entanto as aspirações da equipa vianense mantêm-se intactas seja qual for o cenário.

Quem o garante é o experiente jogador Tó Silva: "Tudo faremos para que as ausências por lesão não deixem comprometer a campanha na CERS. Estamos focados em tentar colmatar essas limitações, sabendo que não será uma tarefa fácil pois, o Óquei de Barcelos se apresentará num registo muito competitivo, com o qual nos tem habituado".

A fase negativa que se abateu sobre a Juventude de Viana obriga os jogadores a desdobrarem-se e a esforços extra, tendo em vista o ultrapassar deste momento que não veio em boa hora. "A equipa está a recompor-se gradualmente a todas as situações difíceis com as quais se tem deparado. A lesão do meu colega e amigo André Azevedo (a mais grave), afetou-nos a todos e com ele estamos solidários e muito unidos. E é nesta união que canalizamos todas as nossas forças e tudo faremos para conseguirmos o nosso objetivo: VENCER!", garante Tó.

Evidentemente que nenhuma equipa, e sobretudo uma amadora, está preparada para situações como estas. "Claro que não é fácil saber que só temos um colega apenas para efetuar as substituições. Estamos limitados e sabemos que nesta fase da competição da taça CERS, qualquer deslize pode ser fatal".

De facto, "o jogo está a ser preparado como todos os outros jogos que temos defrontado no campeonato, ou seja, de acordo com as características e valências de cada um dos adversários. São dois jogos, mas teremos de levar alguma vantagem para a segunda mão. Sendo o jogo em nossa casa, é nossa obrigação vencer", afirma Tó.

Quanto ao adversário, sabe-se que "o Barcelos, equipa com provas dadas nesta competição, tentará repetir a proeza. É uma equipa bastante competitiva e muito bem orientada. A juventude estará, apesar das limitações, muito empenhada em conseguir a vantagem neste jogo".

Para contrapor, a equipa de Renato Garrido espera sentir da bancada uma força extra para conseguir o objectivo, a vitória. "A nossa massa associativa estará do nosso lado, o seu apoio tem sido inesgotável e incansável. Desta vez não será diferente, tratando-se ainda mais de um derby minhoto, que ninguém quer perder…", atesta Tó Silva.

No campeonato nacional a Juventude de Viana segue no 7º posto, a dois pontos precisamente do Barcelos. No encontro para a competição nacional, em Monserrate, a Juventude levou a melhor sobre os Barcelenses, vencendo pela margem mínima 3-2.

#SomosJuve»

Foto|fonte: Juv. Viana

workshops para rodapé Noticias EscovaProgressiva