a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Nuno Lopes- ...

domingo , maio 15 2022
33

João Pinto lança final- ...

domingo , maio 15 2022
23

Trissino junta-se ao ...

domingo , maio 15 2022
14

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61950

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30666

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
24884

2.ª D- HC Sintra soma ...

domingo , Nov. 04 2018
1080

SL Benfica é Campeão ...

sábado , Abr. 18 2015
3348

Resumo 1.ª mão 1/4 final ...

terça , Mar. 14 2017
2130

ventosaterapia

imgS620I220757T20180510195644

Edu Castro está a ter uma época de estreia de sonho no comando técnico do Barcelona. Em Espanha, o domínio é total dos azulgrana, com a conquista do pentacampeonato, Taça do Rei e Supertaça. Agora, os catalães querem estender o domínio à Europa, jogando, este fim de semana, o futuro no Dragão Caixa, palco da final-four da Liga Europeia.
«O campeonato é regularidade, mas a Liga Europeia é o título mais especial. Estar na final-four é já um passo, mas primeiro temos que pensar em ganhar ao atual campeão da Europa, o Reus, e depois conquistar o título a final», avisou Edu Castro, lembrando que o Reus foi a única equipa a conseguir vencer o Barcelos em todas as competições.
«O Reus é uma equipa com um contra-ataque maravilhoso, defende de uma forma diferente da maioria das equipas e tem jogadores de muita qualidade. Um jogo para as competições europeias nunca é igual a um jogo para o campeonato, mas temos que tentar impor a nossa filosofia no jogo», acrescentou o técnico.
Para Edu Castro, o FC Porto, que vai defrontar o Sporting nas meias-finais, é o principal candidato a levantar o troféu da Liga Europeia no próximo domingo.
«O FC Porto é o favorito porque joga em casa, porque é uma grande equipa e nós somos aspirantes ao título, mas com a arrogância de sermos o Barcelona. Não temos qualquer tipo de pressão porque nós próprios não permitimos que falhemos. Tenho a certeza que todo o barcelonismo irá apoiar-nos», finalizou.

Fonte- www.zero.zero.pt