a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

HCP Grândola de regresso ...

terça , Out. 16 2018
61

Nomeações de 18 a 25 de ...

terça , Out. 16 2018
279

Espanha disposta a ...

terça , Out. 16 2018
109

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
55793

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
23738

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19045

Tiago Sousa reforça FC ...

quarta , Ago. 27 2014
3014

ACR Gulpilhares Sub17 ...

domingo , Nov. 02 2014
2017

AP Lisboa- Treino da ...

sexta , Mar. 09 2018
188

freit

O treinador do Sporting garantiu ainda que a equipa não gosta de vitórias morais.

Jogo: "Assistimos a um jogo com duas partes distintas. Houve uma parte inicial em que o FC Porto foi mais forte. E estávamos preparados para isso. Sabemos que o FC Porto é uma equipa que gosta de se destacar muito cedo, com grande valor coletivo e individual. Mas depois do terceiro golo o Sporting foi mais forte. Conseguimos libertar-nos e criar problemas. O nosso problema esteve na finalização e no bom desempenho de Carles Grau".

Resultado: "O que importa é o resultado e, por isso, parabéns ao FC Porto. Da nossa parte é levantar a cabeça e enfrentar as novas batalhas que ai vêm. Estamos tristes e chateados. Isto tira-nos o sono. Como não somos da massa do 'está-se bem', redirecionamos agora os nossos focos para o que ainda está para vir. Num clube como o nosso procuramos as vitórias e não queremos vitórias morais".

Fonte/Foto- Jornal “O Jogo”