a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Sergi Miras com proposta ...

quarta , Jan. 23 2019
158

Eduard Lamas é alvo do ...

quarta , Jan. 23 2019
102

FPP- Nomeações de 23 ...

quarta , Jan. 23 2019
134

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56257

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24191

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19362

Henrique Magalhaes um ...

quinta , Mar. 24 2016
1912

8.ª Convocatória Seleção ...

sexta , Dez. 11 2015
726

Torneio Olá Mouriz – ...

quarta , Jul. 08 2015
823

Plurisports Barbeiro Pluriform

Jorgesilvagololinha

<Dragões recuperavam de uma desvantagem de 3-0 e podiam ter chegado ao empate. Imagem captada a partir da transmissão televisiva permite ver que a bola passou a linha

Foi um jogo de loucos no Dragão Caixa. Na final da Liga Europeia entre Barcelona e FC Porto foram os espanhóis que começaram melhor e conseguiram mesmo uma vantagem de três golos.

Mas os dragões reagiram bem na segunda-parte e chegaram aos 3-2 e podiam mesmo ter feito o empate, ao minutos 39, num lance em que a bola parece mesmo ter ultrapassado a linha de golo. Jorge Silva ficou a pedir golo, mas a equipa de arbitragem mandou seguir a partida, apesar dos protestos de toda a equipa azul e branca.

O FC Porto não conseguiu voltar a marcar e foi o Barcelona que fechou o marcador em 4-2, acabando por conquistar a Liga Europeia pela 22ª vez.>

Foto±fonte: Jornal "O Jogo"