a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Entrevistas

À conversa com Sergi ...
SergiPunset
Foto CS Candelária - Serig Punset Estivemos à conversa ...
Ler
À conversa com João ...
JoaolealGulpilhares
Foto Facebook ACD Gulpilhares Estivemos à conversa com ...
Ler
À conversa com Miguel ...
MiguelFreitas
Miguel Freitas esteve à conversa com a Plurisports e falou ...
Ler
À conversa com Diogo ...
DiogoFernandes
Estivemos à conversa com o jovem guarda-redes Diogo ...
Ler
À conversa com André Gil
AndreGilFisica
Estivemos à conversa com o treinador da AE Física, André ...
Ler
À Conversa com João Costa
João Costa
João Costa esteve à conversa com a Plurisports e falou da ...
Ler
  • Hot
  • Top
  • Outras

II D - HC Fão atrapalha ...

terça , maio 22 2018
7

HC Maia goleia AD ...

terça , maio 22 2018
13

CN Veteranos – Sul +50- ...

terça , maio 22 2018
17

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
23167

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
18526

Saiba quais os 10 ...

sexta , Ago. 19 2016
14114

Resumo 2.ª Div Norte 25ª ...

segunda , maio 09 2016
896

Torneios para todos os ...

quinta , Fev. 12 2015
1444

HC Braga Sub17 vence ...

sábado , Dez. 27 2014
1209

Portucale

MOV 0627

<Guillem Cabestany elogia os jogadores e pensa nos títulos que estão ao alcance dos Dragões

Guillem Cabestany, treinador do FC Porto Fidelidade, lamentou a derrota frente ao FC Barcelona (4-2)  na final da Liga Europeia de hóquei em patins e considerou que a sua equipa poderia ter garantido outro desfecho no Dragão Caixa.

O técnico azul e branco pretende levantar a moral da equipa e pensar nos títulos que estão ao alcance do FC Porto até final da presente temporada.

A final podia ter caído para o FC Porto

“É difícil fazer uma análise tranquila neste momento. O jogo foi equilibrado e em muitos momentos estivemos por cima. O Carles teve pouco trabalho ao longo do jogo. Mas eles conseguiram sobretudo defender muito bem e serem mais eficazes na finalização. É uma final que podia ter caído também para o nosso lado. Este grupo esteve numa final da Liga Europeia pela primeira vez e se continuar a trabalhar e a evoluir desta forma, vai estar seguramente noutra final.”

Sobre o golo que seria o 3-3

“É complicado ter um lance assim. Num jogo tão equilibrado, em que nessa altura estávamos a dominar o Barcelona, estávamos por cima deles….mas o hóquei também é isto, se não falo dos árbitros normalmente, também não o farei hoje. Agora vamos a partir de terça-feira levantar a moral da equipa, porque ainda temos dois títulos para disputar.”>