imgS620I221397T20180518080520

A quatro jornadas do término do campeonato, o Infante Sagres é penúltimo classificado com dez pontos, encontrando-se a seis pontos da zona de permanência. A missão da manutenção é de difícil concretização, assume Carlos André Rodrigues, mas ainda assim o jogador do clube portuense garante seriedade máxima até à ultima ronda.
«Sabemos que está muito difícil a permanência, mas enquanto for matematicamente possível daremos tudo o que temos e o que não temos para tentar ficar na primeira divisão», afirmou ao zerozero.pt Carlos André Rodrigues, alertando que não interessa outro cenário que não a conquista dos três pontos.
«Na posição em que estamos e quase no fim do campeonato é imperativo ganhar. O OC Barcelos é uma grande equipa, com bastante qualidade e joga sempre nos limites, mas nós em nossa casa vamos tentar contrariar o favoritismo deles e tentar fazer um jogo como fizemos em casa deles em que quase fazíamos uma surpresa».
Ao contrário do Infante Sagres, a nível pessoal a temporada tem corrido bem a Carlos André Rodrigues, jogador que apontou 18 golos em 23 jogos.
«A minha época a nível pessoal está a ser muito boa e um dos objetivos pessoais, tirando o objetivo principal que é a permanência na primeira divisão, é chegar ao fim do campeonato e tentar chegar mais perto dos 40 golos que marquei ao serviço do OC Barcelos. Agradeço aos meus companheiros mas sobretudo ao meu treinador Fernando Almeida», terminou .

Fonte/Foto – www.zero.zero.pt