a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

2.ª D- Norte- Valença ...

terça , Nov. 12 2019
11

AP Porto- Convocatória ...

terça , Nov. 12 2019
72

2.ª D-Sul – S Alenquer B ...

terça , Nov. 12 2019
55

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
57538

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
25484

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20307

Dragões vencem Paço Arcos

sábado , Out. 27 2018
471

A Taça (de Portugal) já ...

sexta , maio 24 2019
367

HCBraga vence Final4 da ...

domingo , maio 10 2015
1143

interioresinteriores

rgar

Renato Garrido, que chegou em abril à Oliveirense e se prepara para a nova época, avisa os rivais do Dragão, Luz e Alvalade, que defronta nas primeiras seis jornadas.
A Oliveirense, o quarto grande da I Divisão, apresenta-se com quatro reforços (Xavier Barroso, Marc Torra, Emanuel Garcia e Jorge Silva) e, após dez jogos na pré-época e o segundo lugar na Elite Cup, quer fazer o que o Valongo conseguiu em 2014.
A Oliveirense foi a primeira equipa a iniciar a preparação para 2018/19 (20 de agosto). Era importante começar cedo por causa do falhanço da última época?
-Quando começámos o planeamento, previa-se um modelo competitivo diferente do que avançou, mas, além disso, sentimos necessidade de começar mais cedo para integrar os novos jogadores.

A equipa está no ponto?
-Estamos preparados, mas o objetivo é melhorar e não estamos no ponto ideal.

O que mudam os reforços?
-Trouxeram mais equilíbrio defensivo, que faltava um pouco, e ainda mais soluções e qualidade individual, que ajuda a um coletivo mais forte.

Jordi Bargalló está recuperado?
-Sim, está apto.

Defrontar nas primeiras seis jornadas Benfica, Sporting e FC Porto é um arranque que preferia evitar?
-Se o sorteio condicionado concentrava esses jogos no fim, o sorteio puro antecipou-os e vivemos com isso. Esta é uma guerra que será feita a cada jornada.

O que pensa dos adversários diretos?
-O Benfica e o Sporting estão mais fortes. O FC Porto também, porque vai ter de dar mais minutos de qualidade aos melhores jogadores.

Benfica e Sporting têm vantagem por terem um plantel com mais de dez jogadores?
-Na Oliveirense fizemos um plantel com dez bons jogadores e achamos suficiente. No Viana tivemos onze jogadores e senti que não é fácil gerir mais do que dez.

Defrontar já a ex-equipa é o ideal?
-Quando saí do Viana, o primeiro adversário foi o Viana e agora calhou outra vez. Espero que seja um bom presságio para começarmos a ganhar.

A Oliveirense tem condições para ser campeã?
-A Oliveirense tem condições para lutar pelo título. Vamos ter situações que não poderemos controlar e estamos a preparar-nos para nos superararmos nesses momentos, porque sabemos que não somos o FC Porto, Benfica ou Sporting. Mas também não somos outsiders. Têm de nos ver como candidatos ao título, apesar de lutarmos contra adversários com armas que não temos.

Está a falar de arbitragem?
-Estou a falar de situações que não podemos controlar.

O que é que isso quer dizer?
-Situações que não podemos controlar.

Os candidatos ao título têm de se preparar para perder pontos com outras equipas. Dedica especial atenção a qual?
-Muitas surpresas podem acontecer, até porque num passado recente o Valongo foi campeão. Viana, Barcelos e Valongo vão dar trabalho, mas Tomar, Turquel, Paço de Arcos, Marinhense e Riba de Ave podem todos surpreender e nesse aspeto o campeonato está mais dificil.