a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

CD Paço Arcos soma o ...

segunda , Dez. 05 2022
18

Liga Placard- resumo da ...

segunda , Dez. 05 2022
15

“Manita” de Pedro Mendes ...

segunda , Dez. 05 2022
9

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62771

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31566

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25615

Supertaça António ...

quarta , Set. 19 2018
1845

AP Minho divulgou os ...

terça , Ago. 29 2017
2017

Resumo 1.ª Div. 2.ª Jor: ...

domingo , Nov. 05 2017
1730

6 10Massagista Inícial

Liga Europeia de Hoquei em Patins grupo B FC Porto VIC 04 11 17 Cabestany

O FC Porto inicia a sua participação na Liga Europeia com a receção ao Saint-Omer, de França, num jogo onde a equipa portista parte como favorita, embora, fruto do castigo aplicado pelo organismo europeu que rege a modalidade, obrigue a equipa azul e branca a ter que ir jogar ao Pavilhão Municipal de Vila Praia de Âncora, partida que está agendada para as 15H00 de Sábado.
Guillem Cabestany faz uma análise a mais uma época europeia e a antevisão para o confronto com os gauleses.

Máxima ambição na Liga Europeia
Trazer a taça para o Museu seria extraordinário para o plantel e ainda mais para o clube e para todos os jogadores e treinadores que passaram tantos anos sem conseguir trazer a taça para aqui. A luta que vamos iniciar este sábado para trazer a taça é obviamente uma luta pessoal, de cada um de nós, mas também uma luta coletiva, representando todos aqueles que lutaram durante tantos anos e estiveram tão perto de a conquistar. O expoente máximo dessa luta é o Franklim Pais, que como treinador esteve vários anos perto de a conseguir. Ver aqui estas duas taças já tão desgastadas, já tão velhotas, reforça o sentimento de espinha encravada que todos temos, jogadores e treinadores.”

Plena consciência das dificuldades
“Se o troféu não está aqui há 28 anos é pela alta dificuldade que a competição tem, independentemente dos adversários que tenham calhado nos sorteios. Temos motivação máxima e ambição máxima, sabendo das dificuldades. Essas dificuldades começam com o Saint-Omer, que é uma excelente equipa francesa. É uma das equipas mais estáveis em França, com continuidade, que vai ser uma equipa muito intensa e com bloco baixo. Teremos máximo respeito pelo adversário, sabendo e assumindo que o FC Porto tem melhor equipa que o Saint-Omer.”

Jogo em Vila Franca da Âncora
“Obviamente que não é o ideal, porque treinamos todos os dias no Dragão Caixa. É onde nos sentimos mais cómodos, nós e os adeptos. Uma vez que temos esta sanção por cumprir, ir a Vila Praia de Âncora, onde fizemos o estágio de pré-época, é uma boa solução. Estivemos muito cómodos lá em Vila Praia de Âncora e no pavilhão, fomos muito bem tratados e faz sentido regressar lá, para oferecer este jogo aos adeptos da zona e também aos miúdos do clube de Vila Praia de Âncora. Não vamos estar em nossa casa mas vamos seguramente sentir-nos em casa. Isso será mais um facto de motivação.”

Fonte- www.fcporto.pt