a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Leões tornaram fácil o ...

sábado , Out. 24 2020
68

Oliveirense sorri no ...

sábado , Out. 24 2020
55

Águias de volta aos ...

sábado , Out. 24 2020
60

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59529

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27422

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21831

Torneio Cidade ...

quinta , Set. 03 2015
1503

"Dragões atacam quinto ...

sexta , Out. 13 2017
820

CN 3.ª D- Zona Sul- ...

terça , Abr. 28 2015
1187

Pluriform PP1

00001842

O ainda selecionador português de hóquei em patins, Luís Sénica, foi este sábado eleito presidente da direção da Federação Patinagem de Portugal (FPP), em ato eleitoral que se realizou no Porto.
A Lista A foi a única que apresentou candidatura para todos os Órgãos Sociais da FPP, já que a Lista B, liderada por Rui Mateus, apenas foi a votos para o Conselho Fiscal e Conselho de Disciplina.
Luís Sénica, que vai deixar o cargo de selecionador nacional, esclareceu que no início do ano começará a ser traçado o perfil do seu sucessor. "Vamos começar a discutir em janeiro o nome do novo selecionador. Queremos novas estratégias dentro do que está a ser praticado", referiu o novo presidente da Federação de Patinagem, que sucede a Fernando Claro.
Sénica acredita que "há muito trabalho a fazer pelo hóquei em patins" e garante que "nunca teve receio de arregaçar as mangas". "No hóquei em patins, ainda há muito a fazer. O hóquei é uma disciplina de grande potencial. O hóquei tem de continuar a lutar pelo seu espaço, mas isso tem de ser feito de forma harmoniosa e em conjunto", referiu.
Luís Sénica salientou ainda a necessidade dar uma maior projeção à patinagem, onde considera que existem "muitos atletas de excelência".

Fonte- Jornal “O Jogo”
Foto- FPP