a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Experiência de Francisco ...

quinta , Jan. 24 2019
58

Golo de Marc Torra dá ...

quarta , Jan. 23 2019
50

FC Porto encerra 1.ª ...

quarta , Jan. 23 2019
38

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56259

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24194

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19367

Sporting CP conquista ...

domingo , Set. 27 2015
1230

Torneio Turquel- Benfica ...

domingo , Set. 20 2015
1193

Porque nao joga Tiago ...

quinta , Nov. 27 2014
1467

Plurisports Barbeiro Pluriform

scp marinhense 4

Ano novo, vícios velhos. O Sporting CP regressou com fome de golos e vitórias e aplicou a maior goleada desta temporada.
A vitima foi o SC Marinhense, que na deslocação ao “João Rocha” saiu vergada com uma derrota de 14-3, em jogo que contou para a 11.ª jornada do CN da 1.ª divisão, reforçando assim a liderança na prova.
Os Leões entraram dominadores e com vontade de inaugurar bem cedo o marcador. Foi João Pinto quem o fez logo aos 5', respondendo à assistência do aniversariante Caio com um tiro certeiro. Seguiu-se um golaço de Raul Marín numa iniciativa inidividual e o 3-0 surgiu aos 10' através do stick de Matías Platero depois de um passe genial de João Pinto.
O Marinhense reduziu para 3-1, mas o Sporting não adormeceu: os golos de Ferran Font (16') e Raul Marín (20', de penálti) aumentaram a diferença. Os visitantes, contudo, voltaram a reduzir aos 21', mas houve tempo para mais dois golos Leoninos antes do intervalo. Vítor Hugo (22') e Pedro Gil (24') colocaram os respectivos nomes na lista dos marcadores do encontro.
Com um jogo mais calmo e tranquilo, o Sporting foi estabelecendo o resultado final com naturalidade. Aos 34', João Pinto voltou a facturar, o Marinhense reduziu mais uma vez e Raul Marín apontou o terceiro da sua conta pessoal logo a seguir. A cinco minutos do final, Henrique Magalhães fez o 10-3 e o minuto final foi louco. O Sporting marcou quatro vezes: três por Pedro Gil, uma por Vìtor Hugo. Foi assim colocado um ponto final em 14-3 perante os mais de 1100 espectadores presentes no Pavilhão João Rocha.

Fonte/Foto- Sporting CP