a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

As equipas classificadas ...

terça , Mar. 19 2019
47

3.ª D- Santa Cita ...

segunda , Mar. 18 2019
23

AP Aveiro- Estão abertas ...

segunda , Mar. 18 2019
32

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56464

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24395

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19518

AP Minho quer vencer ...

sexta , Fev. 13 2015
1364

1.ª Divisão de regresso ...

quarta , Jan. 04 2017
1157

“Selecção Nacional ...

sexta , Jun. 22 2018
1302

Tui Na

49605331 463320670865427 1724429468128247808 n

O SC Tomar somou a sua segunda vitória no campeonato ao derrotar este sábado o HC Turquel no recinto destes por 4-2.
Partida entre rivais da zona centro, com os ribatejanos a virem de 4 empates consecutivos, e à procura de um triunfo que fugia desde a primeira ronda.
Jogo intenso, de muitos nervos, mas foi o SC Tomar a ser a mais “madura” e a saber gerir de forma inteligente as incidências do encontro conseguindo assim uma vitória, sofrida, é certo, perante um adversário que no seu recinto é fortíssima, mas diga-se, um triunfo justo, como importante para as cores nabantinas.
Foi sempre um Turquel com mais posse de bola, perante um SC Tomar expectante e a jogar no erro defensivo contrário.
Os nabantinos inauguraram o marcador aos sete minutos por “Xanoca” e Guilherme Silva aos 18 minutos aumenta para 2-0, depois de João Sardo ter desperdiçado um LD após um vermelho mostrado a André Pimenta.
O Turquel respondeu de seguida, reduzindo para 1-2 por Pedro Batista, numa jogada individual de belo efeito.
O Turquel mais forte na fase final do primeiro tempo tem oportunidade de empatar mas Luís Silva não conseguiu marcar a GP que dispôs.
Segunda parte onde o Turquel pressionou a defesa ribatejana, e conseguiu o empate por João Souto aos 8 minutos.
Segundos depois e após a 10.ª falta do Turquel, João Sardo chamado a marcar o LD correspondente não conseguiu enganar Diogo Almeida e seria João Candeias a fazer o 2-3 de GP, corria o minuto 13.
O mesmo jogador volta a dispor de uma GP mas desta feita Diogo Almeida não se ilude, estavam então decorridos 18 minutos da etapa complementar.
Últimos minutos de nervos em franja, com o Turquel a dar tudo para inverter o marcador, com as faltas a surgirem de forma fácil. Aos 22 minutos o HC Turquel através de um LD (10.ª falta do SCT) não consegue fazer o empate (é João Souto, que desperdiça) e é o SC Tomar que chega aos 4-2 por João Candeias na marcação de uma GP.
Diogo Alves, imperial na defesa das redes nabantinas, ia anulando as investidas do Turquel, e já no decorrer do último minuto Luís Silva, volta a não conseguir desfeitear o guardião nabantino (de GP), que foi um dos baluartes para esta vitória do SC Tomar.
Um jogo onde a forma aguerrida, e assertiva da defesa leonina acabou por ser decisiva no desfecho deste encontro, com uma arbitragem muito contestada pelos alvinegros.
Após esta ronda 11, o SC Tomar subiu ao 9.º lugar, agora com 10 pontos, ultrapassando o seu adversário de hoje, que manteve os 9 pontos.
Na próxima jornada o SC Tomar recebe no Municipal de Tomar a AD Oeiras e o HC Turquel ao recinto da UD Oliveirense.

Foto- Ricardo Rodrigues