a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

As equipas classificadas ...

terça , Mar. 19 2019
47

3.ª D- Santa Cita ...

segunda , Mar. 18 2019
23

AP Aveiro- Estão abertas ...

segunda , Mar. 18 2019
32

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56464

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24395

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19518

Edo Bosch: "Jogar aqui ...

quarta , Jun. 22 2016
1207

AP Setúbal- Estremoz a ...

quarta , Nov. 18 2015
888

Ana Rita Costa reforça ...

quinta , Jul. 12 2018
700

Tui Na

DSC04159

A enorme entrega quer do OC Barcelos, quer do HC Braga e o sentido de golo, marcou o derbi minhoto referente à décima primeira jornada do nacional da primeira divisão que se disputou no municipal barcelense.
O triunfo pertenceu ao OC Barcelos por 8-3.
O primeiro sinal de perigo surgiu aos 4' com Gonçalo Nunes a rematar ao poste da baliza de Constantino Acevedo.
Aos 5' apareceram os primeiros golos, primeiro por Gonçalo Meira para o OC Barcelos e logo a seguir Pedro Delgado " Bekas ".
Em grande ritmo o Braga podia ter passado para a frente mas Ângelo Fernandes viu Ricardo Silva aos 7' defender uma grande penalidade.
Também de grande penalidade o OC Barcelos desperdiçou a possibilidade de passar para a frente por Gonçalo Nunes.
O empate acabou por ser desfeito aos 11' por João Almeida, que contou com Alvarinho aos 12' a elevar para 3-1.
A turma do HC Braga nunca deixou de atacar e aos 19' reduziu por Carlos Loureiro, mas antes do descanso aos 20' Hugo Costa fez o 4-2 depois de Gonçalo Nunes ter falhado uma grande penalidade.
A segunda parte continuou viva, com constantes ataques por parte das duas equipas, tendo o HC Braga encurtado por Tomas Castanheira aos 5', depois de o próprio aos 2' ter desperdiçado um livre direto.
O OC Barcelos voltou a responder ao golo bracarense aos 8' por João Almeida e aumentou aos 10' por Alvarinho.
A turma de Rui Neto bem tentou reagir, mas acabou por ser o OC Barcelos aos 16' a obter o 7-3 por Gonçalo Nunes de grande penalidade e em igual lance a escassos dezoito segundos Joca Guimarães fez o 8-3.

Foto: Pedro Costa - JB