a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

XI Torneio “Cidade de ...

domingo , Abr. 21 2019
16

2.ª D- Empate com ...

domingo , Abr. 21 2019
23

II Norte - Briosa vence ...

domingo , Abr. 21 2019
221

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56588

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24568

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19612

HC Penafiel com tudo ...

quinta , Ago. 24 2017
919

Maria Vieira- “Este é o ...

quarta , Ago. 17 2016
1390

TP- Física- Oeiras, Jogo ...

quinta , Jan. 15 2015
1245

DI Q

cdbhcvg

A equipa do CD Boliqueime mantem firma a segunda posição da zona D da 3.ª divisão nacional, e está cada vez mais perto de conseguir entrar na luta pela subida através da liguilha.
No passado fim de semana recebeu no seu reduto o HC Vasco da Gama e venceu por 5-3, consolidando assim a sua posição e as ambições de poder subir.
Jogo intenso, quente, e onde até foi a formação de Sines a conseguir ganhar vantagem chegando ao 0-2 aos 14 minutos com golos de Henrique Pereira e Tiago Colos, aproveitando bem os espaços concedidos pela formação da casa.
A resposta da equipa algarvia chegou já no último minuto do primeiro tempo com Miguel Cavaco a conseguir reduzir para 1-2.
Segunda parte com um Boliqueime mais atento, em termos defensivos e com melhor critério nas saídas para o ataque acabaram por dar resultado com o conjunto algarvio a conseguir a remontada por Márcio Aldeagas, que bisou, e colocou a equipa da casa a vencer por 3-2 aos 13 minutos.
Tempo então do Boliqueime tentar congelar o jogo, pautando a partida perante um Vasco da Gama, novamente a tentar a sua sorte, e a pressionar mais perto a baliza alvinegra.
Esse propósito acabou por resultar com o Vasco da Gama a empatar por Luís Delgado, já depois da formação forasteira ter desperdiçado uma GP.
Numa fase de incertezas e onde o golo poderia surgir para qualquer dos lados, acabou por ser mais feliz a formação de António Ramos que nos últimos dois minutos acabou por fazer dois golos (apontados por Miguel Cavaco e Gonçalo Luís) garantindo assim os três pontos em disputa.
Triunfo suado mas que permite à formação algarvia manter-se de forma consistente na segunda posição e poder disputar a liguilha de subida.

Foto-CD Boliqueime