a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

XI Torneio “Cidade de ...

domingo , Abr. 21 2019
29

2.ª D- Empate com ...

domingo , Abr. 21 2019
32

II Norte - Briosa vence ...

domingo , Abr. 21 2019
231

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56589

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24568

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19613

Sorteios para época ...

quarta , Jul. 29 2015
1343

Forte dei Marmi - Porto, ...

domingo , Mar. 24 2019
170

CR Lisboa – Sub-17- ...

sexta , Dez. 09 2016
667

DI Q

54522173 2147842675296271 5311251653104500736 n

Num grande jogo de hóquei em patins disputado na “Aldeia do hóquei”, a igualdade a um golo (1-1) entre o Turquel e a Juventude Viana, foi sem duvida o resultado mais justo.

Apesar de a Juventude Viana ter entrado ligeiramente melhor no desafio, as muitas oportunidades criadas pelos minhotos não se traduziram em golo. Luís Viana foi um “quebra cabeças” para os donos da casa. O Zorro falhou um livre direto, assertou duas vezes com a bola nos ferros da baliza do Turquel e se não bastasse, apanhou pela frente um inspirado Diogo Almeida.

Durante a primeira parte o Turquel também teve as suas oportunidades, mas Jorge Correia também brilhava na baliza dos minhotos.

O jogo estava vivo, disputado a um ritmo frenético, mas equilibrado, com as duas equipas a obrigarem os guarda-redes, Diogo Almeida e Jorge Correia a aplicarem-se a fundo.

Ao intervalo o zero zero (0-0) apenas espelhava o equilíbrio na partida e não as muitas oportunidades de golo que os jogadores tiveram ao seu alcance.

Na segunda parte o jogo perdeu intensidade, mas a emoção e incerteza permaneceram até final.

Aos 13 minutos do segundo tempo, Tó Silva fez falta à entrada da área, com a dupla de arbitragem a entender mostrar azul ao jogador da Juventude Viana. Na sequência do lance (livre direto), João Souto inaugurou o marcador para os donos da casa (1-0).

A equipa de André Azevedo continuou a procurar um resultado positivo, nunca baixou os braços e o espírito de equipa acabou por vir ao de cima.

A 6 minutos do final do encontro, e já depois de falhar um livre direto, Luís Viana, felino, acabou por empatar o jogo (1-1).

Já perto do final, a 22 segundos do fim, António Santos, um dos árbitros do jogo inventou a décima falta para os vianenses e “ofereceu” a oportunidade ao Turquel, de livre direto, a possibilidade de ganhar o jogo. Muito concentrado na baliza, Jorge Correia não permitiu que João Souto festejasse e o jogo terminou, justamente, empatado (1-1).

Este lance determinou que Jorge Correia se tornasse no homem do jogo.

Fonte: Radio Geice
Foto: Juventude de Viana