a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Campeão FC Porto ...

sábado , maio 25 2019
1454

Oliveirense confirma ...

sábado , maio 25 2019
71

Sporting CP encerra ...

sábado , maio 25 2019
79

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
56726

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
24669

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
19708

CH Carvalhos oficializa ...

terça , Jun. 26 2018
443

Resultados do Sorteio da ...

sexta , Set. 22 2017
1894

Mário Paes vai reforçar ...

terça , Jun. 21 2016
1085

interioresauto maquilhagem

IMG 6911

Realizou-se esta terça feira no Pavilhão “Carlos Bernardino” em Campo Ourique o jogo em atraso referente à 22.ª jornada do Nacional da 2.ª divisão, com a equipa de João Baltazar a vencer a formação do CA Campo Ourique por 5-0, num jogo onde a eficácia leonina foi determinante para o desfecho do encontro, perante um CACO que esteve claramente em dia não no que toca a bolas paradas ao desperdiçar 5 situações que dispôs.
Primeira parte com o Sporting a abrir o activo aos 5 minutos por João Pereira. O CA Campo Ourique ainda tentou ripostar mas acabaria por sofrer dois golos já perto do intervalo da autoria de João Pereira (aos 22 minutos) e que bisava assim na partida e no minuto seguinte seria a vez de Marco Godinho fazer o 0-3.
Segunda parte com o Sporting a controlar as incidências do jogo frente a um CACO que aos 6 minutos desperdiçou uma GP por Tembo. O mesmo faria, no minuto seguinte “Facu” Navarro” Era um CACO inconformado mas sem soluções para ultrapassar o ultimo reduto da formação leonina. Nem nas bolas paradas que dispôs nos minutos seguintes Hugo Nascimento e André Lopes a serem incapazes de ludibriar José Estrela, que defendia neste jogo a baliza leonina, a equipa de Nuno Henriques conseguia chegar ao golo de forma a poder reduzir e entra na partida.
Quem não marca, como se diz na gíria, sofre e aos dez minutos, Diogo Miranda, de LD aumentou para 0-4.
O CA Campo Ourique ainda voltou a dispor de mais duas bolas paradas para poder reduzir e mas mais uma vez a ineficácia neste aspeto por parte da formação da casa era gritante, com André Lopes e pouco depois Tiago Rodrigues a não conseguirem concretizar.
E como um mal nunca vem só, Diogo Miranda aos 23 minutos assinou o 0-5 com que selou o resultado do encontro.

Foto- Luísa Robalo

Noticias Quarta