a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Paulo Almeida renova com ...

sábado , Jul. 04 2020
13

Tiago Carvalho segue no ...

sábado , Jul. 04 2020
16

Bautista Acevedo, na ...

sábado , Jul. 04 2020
110

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
58936

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
26814

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21362

João Rodrigues: "Vamos ...

sexta , Abr. 06 2018
511

Sub13 do FC Porto são ...

segunda , Fev. 01 2016
1483

3.ª Div. Norte A: FC ...

domingo , maio 14 2017
2208

pluri unhas J

sabaefd

O S Alenquer B derrotu a AE Física D por 5-1 em jogo a contar para os 32 avos de final da TP, sendo um dos tomba gigantes desta eliminatória.
O Pavilhão “Zeca Carmo e João Lota” estava praticamente lotado para receber a partida entre o Alenquer e a Física. A equipa da casa a militar nos lugares cimeiros da 2.ª divisão-sul- tinha pela frente uma Física, esta temporada no palco maior da modalidade.
Mas o jogo acabaria por desmistificar quase tudo, já que a formação de Alenquer soube manietar de forma inteligente o conjunto de Torres Vedras e foi quase sempre superior no decorrer da partida.
Embora a Física se tivesse adiantado no marcador por Pedro Moreira a formação da casa chegou ao empate por André Garção, resultado que não se alterou até ao intervalo.
A segunda metade acabaria por ser decisiva para as cores da equipa de Alenquer que aproveitaram as facilidades da formação adversária numa etapa complementar com muitas faltas, fruto da entrega das duas equipas. Muitos azuis mostrados aos jogadores da Física neste período, mas ia valendo Diogo Alves que segurou 5 bolas paradas, mas a maior assertividade do conjunto do Alenquer, pelo menos na fase final do encontro, acabou por ser decisivo no desfecho da partida, num período de largos minutos onde o conjunto forasteiro jogou em inferioridade numérica, em sequência dos vários azuis e um vermelho que foram mostrados aos atletas da AE Física.
O Alenquer adiantou-se aos sete minutos por Pedro Lourenço, o mesmo jogador aumentaria para 3-1 aos 19 com André Garção a fazer o 4-1 aos 22 minutos e Marinho, já no minuto final a selar o marcador do jogo ao apontar o 5-1.
Se a AE Física D entrava nesta partida com ligeiro favoritismo, o jogo, como já dissemos, acabou por anular esse favoritismo virtual com o S Alenquer B a passar desta eliminatória de forma justíssima por aquilo que fez em rinque.

Segunda Feira