a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

É cada vez mais certo o ...

terça , Mar. 31 2020
12

FPP e Instituto ...

terça , Mar. 31 2020
51

“É o momento para voltar ...

terça , Mar. 31 2020
173

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
58448

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
26333

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
20962

Elite Cup 2017: UD ...

domingo , Out. 08 2017
1055

ADB Campo e o regresso ...

sexta , Set. 05 2014
2589

Os 32 Avos da Taça CERS ...

quinta , Nov. 03 2016
1282

interiorespluri unhas J

maca ramos new

Este sábado, 8 de fevereiro, é dia de competição europeia para a equipa de hóquei em patins feminino do Benfica. As encarnadas viajam para Espanha para o encontro com o CP Voltregà, que acontece às 18h00 no Pavellò Municipal Oliveras de la Riva.
A jogadora Maca Ramos esteve no Sport Lisboa e Modalidades de quinta-feira, na BTV, onde anteviu a partida começando por referir as dificuldades que esperam encontrar na 5.ª jornada do Grupo A da Taça Europeia.
Agora a jogarmos fora de casa esperamos encontrar um adversário mais difícil. É uma equipa que nunca se dá por vencida, mesmo quando estava a perder aqui 5-0, nunca deixou de lutar e penso que vai continuar a ser assim. Depois, o tipo de pavilhão afeta bastante porque o piso é diferente, não é madeira”, disse a camisola 8.
A equipa está diferente, saíram algumas jogadoras que eram a base, mas mesmo assim continuam com uma boa guarda-redes e boas jogadoras. Têm um treinador que, apesar de já não ser novo no clube, ainda se podem estar a habituar às ideias de jogo dele”, continuou.
Questionada sobre o facto de o Benfica ser a única equipa portuguesa na Taça Europeia feminina, Maca Ramos considerou que esta é uma situação que traz um misto de emoções.
Por um lado é mau porque seria bom para o hóquei português que houvesse mais equipas portuguesas a competir, mas, por outro lado, é bom porque dá-nos mais motivação visto sermos a única equipa que está a representar Portugal”, revelou.
Apesar de um empate chegar para a qualificação, a defesa garante que o Benfica vai lutar pela vitória e pelo primeiro lugar do grupo.
Se entrarmos com a mesma concentração que entrámos no jogo aqui na Luz conseguimos ganhar. É verdade que com um empate estamos qualificadas, mas normalmente quem joga para o empate, perde. Se empatarmos perdemos a oportunidade de passar em primeiro lugar, que é essa a ideia. Temos de encarar o jogo como se fosse mais uma final”, enfatizou.
O primeiro objetivo é qualificarmo-nos, dentro desse objetivo queremos qualificarmo-nos em primeiro e depois, obviamente, queremos ganhar a meia-final e a final”, rematou.

Fonte/Foto-SL Benfica * Texto- Márcia Dores

6Sexta