a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Leões perdulários, ...

sábado , Nov. 28 2020
32

OC Barcelos derrota HC ...

sábado , Nov. 28 2020
34

Argentinos Platero e ...

sábado , Nov. 28 2020
45

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59648

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27537

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
21945

A Violência Verbal no ...

sexta , Nov. 25 2016
1057

CNF- Leoas golearam C ...

terça , Fev. 11 2020
295

“Inglaterra correu ...

quinta , Jul. 19 2018
1174

Pluriform PP1

121634204 3728658000512893 5699285830009175755 o

Francisco Veludo, o reforço para a baliza dos nabantinos apara esta época, esteve em plano de evidência no último jogo, frente à Oliveirense, e este fim de semana volta a ter pela frente um dos melhores ataques do campeonato, já que defrontará o SL Benfica na Luz.
Fomos ao encontro do guardião tomarense e apalpamos o pulso sobre a forma como estão a preparar este encontro.
“O jogo foi preparado com o mesmo rigor e exigência de sempre, não alterámos nada do nosso plano habitual por ser o Benfica, trabalhamos da mesma forma desde julho quando começámos a preparar a liguilha”.
Haverá segredos que possam contrariar a equipa encarnada? Francisco Veludo opta pelo pragmático e fica evidente que o trabalho que se realiza na equipa é focado para o tipo de jogo que a formação de Nuno Lopes tem em mente para a prova que está a competir.
“Antídoto não existe, nem para ganhar ao Benfica nem o Benfica a nós. A ideia de jogo é a mesma de sempre, obviamente que temos consciência de quem vamos defrontar e esperamos ter a equipa toda num excelente dia e que a estrelinha esteja do nosso lado”.
Perguntamos por fim sobre os objetivos da equipa para esta época. Mais uma vez o guardião internacional angolano preferiu ser abrangente e onde fica à vista que se trabalha com um objetivo mais lato, com a equipa focada no todo e não em situações pontuais.
“O principal era vencer a liguilha, após isso estar concretizado o primeiro pensamento foi conseguir impor o nosso estilo de jogo na primeira divisão e confiar que nos trás e vai continuar a trazer resultados pensando jogo a jogo literalmente. O campeonato é demasiado equilibrado para apontar um objetivo claro”.

Foto- TM Fotos/ António Antunes

Pluriform Tecnico Massagem