a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

OC Barcelos derrotou HC ...

sábado , Jan. 23 2021
17

Dragões vencem e somam ...

sábado , Jan. 23 2021
70

Juv Viana supera ...

sábado , Jan. 23 2021
15

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
59931

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
27846

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22209

Reinaldo Garcia- “San ...

terça , Dez. 11 2018
928

Observação, ...

quarta , Mar. 09 2016
1510

3.ª Div. Norte A: ...

segunda , Dez. 12 2016
1361

2 Barbeiro

guilca

Guillem Cabestany era, no final da partida que opôs o FC Porto ao SC Tomar, um técnico agastado, por aquilo que assistira, em particular nos segundos finais do encontro.
Um empate com sabor a derrota, foi aquilo que transpareceu nas palavras do técnico portista, em declarações ao Site oficial do Clube.

Depois de ver como estava o jogo a 5 minutos do fim, a análise é difícil de fazer. Fica a sensação de não termos conseguido o que merecíamos, a vitória. Não podíamos ter deixado que o jogo se desenrolasse como desenrolou, nesta pista, frente a este adversário. Estivemos melhor do que eles durante os 50 minutos, mas ser melhor e merecer ganhar também passa por marcar golos e não sofrer. Também temos tido muito azar esta época e ainda hoje sofremos o empate a quatro segundos do fim. Em breve teremos todos os jogadores do plantel disponíveis e temos de estar otimistas. Precisamos de todos para enfrentar o resto da época no máximo das nossas capacidades”, afirmou o treinador Guillem Cabestany no final da partida.

Curso Massagista Essencial