a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

CNF- Zona Sul- Turquel ...

quinta , Out. 06 2022
14

CNF- Zona Centro- ...

quinta , Out. 06 2022
7

Liga Placard- Resumo GRF ...

quinta , Out. 06 2022
18

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62510

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31376

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25404

Parede FC perde no jogo ...

domingo , Out. 22 2017
1701

Rui Neto continua como ...

sexta , Jul. 15 2022
150

1ª Fase de candidaturas ...

terça , Fev. 15 2022
452

1 9 Cabeleireiro unissexo 3 Outubro

40522691 10215203151446325 5624542789766217728 n

A Pandemia COVID-19 veio alterar o Modus Vivendi da esmagadora maioria das pessoas e em particular no desporto dito amador.
Encerrou pavilhões, e deixou milhares de atletas sem possibilidade de competir. No que toca ao hóquei em patins, apenas se disputam os campeonatos nacionais da 1.º divisão e do nacional feminino.
Com perspetivas de em meados de Abril recomeçar as restantes provas seniores (2.ª e 3.ª divisão e Sub-23) ainda assim este tempo de espera, desespera quem ama o desporto mas não retira a vontade de entra novamente no turbilhão dos treinos e jogos.
Num trabalho realizado pelo jornalista Horácio Antunes para a Antena 1, Gonçalo Oliveira, Capitão da Académica de Coimbra (que milta na 2.ª divisão-Norte) é o exemplo acabado disso. A paixão pela modalidade faz sonhar com o regresso.
Recém-licenciado em Medicina, Gonçalo decidiu apresentar-se como voluntário para a Linha SNS 24. E agora já está a trabalhar no Hospital Distrital da Figueira da Foz.

Reportagem

Fonte- Rádio Antena 1

1 UnhasGEl16H Março