a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Alejandro Domínguez – “a ...

quarta , maio 05 2021
4

SL Benfica segue para as ...

quarta , maio 05 2021
35

Áustria também abdica do ...

quarta , maio 05 2021
44

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
60207

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
28199

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
22572

Taça Intercontinental ...

sexta , Mar. 13 2020
569

II D - CH Carvalhos sobe ...

domingo , Mar. 04 2018
762

3.ª D- Centro – AE ...

terça , Nov. 17 2015
1612

Tecnicomassagem cartaz

curcoord

Arrancou esta terça-feira, 6 de abril, a 1.ª edição do Curso de Coordenadores Técnicos de Clubes. Organizado em conjunto pelas federações portuguesas de andebol, basquetebol, futebol, patinagem e voleibol, é dirigido aos treinadores das respetivas modalidades, sendo que no caso da FPF (via Portugal Football School) os destinatários são os técnicos de futsal e no da federação de patinagem os de hóquei em patins.

O curso, com 100 participantes, é composto por 20 horas letivas, todas em formato de ensino à distância, e estende-se até 24 de abril.

Os presidentes das cinco federações marcaram presença na sessão de arranque. Miguel Laranjeiro, líder da Federação de Andebol de Portugal, congratulou-se com o facto de “em tempos de distanciamento social as federações serem capazes de desenvolver projetos inovadores e criativos, que contribuirão para o desenvolvimento das cinco modalidades”.

A preparação de Coordenadores Técnicos para liderar e desenvolver projetos de formação é fundamental para melhorar a qualidade do trabalho com os jovens praticantes nos clubes e ajudar a promover a sustentabilidade das estruturas do basquetebol”, considerou por seu turno o presidente da respetiva federação, Manuel Fernandes.

Fernando Gomes, da FPF, está convicto de que “este curso servirá de referência incontornável no desenvolvimento do desporto nacional” e acrescenta que “a qualidade e ecletismo dos formadores é uma garantia de excelência para todos os alunos”.

“Trata-se de uma iniciativa inovadora e congregadora de uma nova visão desportiva em Portugal”, resume Luís Sénica, da Federação de Patinagem de Portugal.

Um entusiasmo partilhado por Vicente Araújo, líder da Federação Portuguesa de Voleibol: “Juntos fazemos acontecer! Juntos caminhamos em prol do desenvolvimento do desporto em Portugal.”

Fonte/Foto- FPP

5 Cabeleireiro Inicial 2