a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Nuno Resende- “É uma ...

sábado , Out. 16 2021
30

“Póquer” de Bruno Frade, ...

sábado , Out. 16 2021
27

Leões de Tomar impõem ...

sábado , Out. 16 2021
52

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61131

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
29377

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
23714

Almeida Lima- “Vamos ...

quinta , Set. 06 2018
885

Nacional Sub-15- AD ...

quinta , maio 03 2018
889

GDC Fânzeres recebe ...

quinta , Set. 20 2018
810

05 Barbeiro Completo 500h

241838256 596755978360814 5369466204720912040 n

O OC Barcelos venceu na final o FC Porto por 6-3 conquistando pela primeira vez no seu historial esta competição.
Um jogo intenso que agradou de sobremaneira o muito público presente no Municipal “Cidade de Tomar”, com duas equipas a proporcionarem um excelente espectáculo.
Uma partida que fica na retina pela excelente exibição de Conti, na baliza minhota e o “mágico” Dário Gimenez a dar “show” nas bolas paradas.
Foi o Barcelos a adiantar-se no marcador por “Alvarinho” logo aos dois minutos. O Porto chegaria ao empate aos 18 minutos por intermédio de Reinaldo Garcia, mas já perto do intervalo “Joca” a fazer o 2-1 para o Barcelos.
A segunda parte começou praticamente com o 3-1 apontado por Rampulla e aos 11 minutos Gimenez de LD, marcado de forma magistral, a aumentar para 4-1.
O FC Porto em desvantagem assumiu o jogo pressionando alto na procura do golo, mas a encontrar pela frente um inspirado “Conti” Acevedo que uma atrás de outra foi anulando as oportunidades que os dragões iam criando.
Aos 21 minutos Carlo di Benedetto reduz para 4-2, mas os minhotos acabaram com as dúvidas pouco depois por intermédio de Dário Gimenez (mais um LD marcado com muita magia) e pouco depois “alvarinho” a fazer o 6-2 , também de LD. Di Benedetto reduziu para, 6-3 já no minuto final, mas insuficiente para tirar o troféu aos minhotos.
Uma vitória que assentou nas luvas de “Conti” e na magia de Gimenez, perante um FC Porto intenso e que tudo fez para mudar o rumo da história, mas decididamente esta final estava destinada par o “maior de Portugal”.

Foto- Elite Cup 2021

04 Maquilhagem Profissional 100h Pluriform