a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Nuno Resende- “É uma ...

sábado , Out. 16 2021
40

“Póquer” de Bruno Frade, ...

sábado , Out. 16 2021
32

Leões de Tomar impõem ...

sábado , Out. 16 2021
63

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
61131

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
29377

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
23714

Sub17 da AA Espinho ...

terça , Jan. 19 2016
1396

Convocatória Seleção ...

terça , Mar. 28 2017
2181

Horácio Ferreira deixa o ...

segunda , Jun. 04 2018
964

05 Barbeiro Completo 500h

img 920x5192021 09 23 10 19 41 1907088

A partida entre Valongo e Sporting CP terminou da pior maneira com adeptos dos dois clubes envolvidos em escaramuças com os apoiantes do clube visitante a refugiarem-se no balneário da equipa.

Lotação do pavilhão superior aos 50% permitidos pela DGS terá contribuído para aumento da tensão

O Sporting iniciou na noite de quarta-feira a defesa do título nacional de hóquei em patins com um triunfo (5-3) em Valongo, numa partida decidida nos minutos finais e marcada por momentos de tensão e tentativa de agressões a envolver adeptos das duas equipas após o apito final.

Ao que Record apurou, vários adeptos do Sporting refugiaram-se na zona dos balneários, depois de serem protegidos por elementos do staff e jogadores leoninos.

Como foi possível constatar pela transmissão televisiva e pelo direto disponibilizado pelo Valongo no Facebook, as bancadas do Pavilhão Municipal de Valongo, à exceção do setor destinado aos adeptos do Sporting – um dos topos, atrás de uma das balizas, com presença de cerca de duas dezenas de pessoas e do guarda-redes Ângelo Girão, que ficou fora das opções do treinador Paulo Freitas devido a castigo -, registaram uma ocupação superior aos 50% atualmente permitidos pela DGS, devido à Covid-19, situação que motivou grande descontentamento dos adeptos leoninos e terá contribuído para o aumento da tensão.

Contactada por Record, a Federação de Patinagem de Portugal não esclareceu o número oficial de espectadores presentes no pavilhão. Também contactada pelo nosso jornal, a Polícia de Segurança Pública de Valongo confirmou que agentes se deslocaram ao local, mas "quando lá chegaram já não se passava nada".

Após a partida, o Directivo Ultras XXI, uma das claques do Sporting, deu conta do sucedido. "É lamentável a atitude dos adeptos da casa numa tentativa de agressões após o final do jogo aos adeptos sportinguista e aos jogadores. Valeu a atitude da nossa equipa que abrigaram os adeptos dentro dos balneários de forma a não acontecer uma tragédia. Repudiamos este tipo de atitudes que em nada enaltece a modalidade", pode ler-se, nas redes sociais.

Record tentou obter um esclarecimento da parte do Valongo, mas, até agora, não obteve qualquer reação.

Fonte- Jornal “Record” * Foto: Ricardo Jr.

05 Barbeiro Completo 500h Pluriform