a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

CNF- Zona Centro- ...

segunda , Nov. 28 2022
9

Liga Placard- Resumo SL ...

segunda , Nov. 28 2022
15

CNF- Leoas vencem pela ...

segunda , Nov. 28 2022
12

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62748

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31543

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25589

Hélder Nunes- “Enquanto ...

quinta , Jun. 01 2017
1961

1.ª Divisão: Principais ...

terça , Out. 25 2016
1637

Juv Viana renova com ...

quarta , Jun. 12 2019
1256

6 10Massagista Inícial

slbscm

Benfica ultrapassou o Marinhense na Luz, na 10.ª ronda do Campeonato Nacional, e confirmou o bom momento que atravessa.

A equipa de hóquei em patins do Benfica recebeu e venceu nesta quinta-feira, no Pavilhão Fidelidade, o Marinhense, por 3-1, em jogo da 10.ª jornada da 1.ª fase do Campeonato Nacional.
Frente a frente, a formação encarnada em clara recuperação e que vem de cinco triunfos consecutivos na prova, e o conjunto da Marinha Grande, que apresenta três vitórias em 11 jogos. Na pista, o Marinhense vinha disposto a surpreender e tentou jogar o jogo pelo jogo, com várias incursões e remates a testar a atenção de Pedro Henriques nos minutos iniciais. O Benfica, a jogar em casa, teve em Poka o homem dos disparos do meio da rua evitados por Albert Mola.

Aos 7', o marcador foi inaugurado no Pavilhão Fidelidade. Edu Lamas sacou uma jogada individual da cartola e atirou a contar para o 1-0. As águias demonstravam uma eficácia acima da média e, aos 12', Nicolía, de forma oportuna, desviou para o 2-0, após assistência de Poka. No comando do resultado e motivado pelas recentes exibições, o Benfica começou a carregar ofensivamente, travando as veleidades do Marinhense para atacar e desenhando belas jogadas coletivas que só não deram em golo por manifesta falta de sorte. Ao intervalo, o marcador registava 2-0 para os da casa.

Tal como acontecera no arranque da partida, também o segundo tempo iniciou em modo bola cá, bola lá, com as duas equipas a tentarem faturar, mas a encontrarem entre os postes dois guarda-redes em bom plano: Pedro Henriques (Benfica) e Albert Mola (Marinhense). Aos 30', o 3-0 por Nicolía, que converteu uma grande penalidade a castigar uma falta de Nicolás Carmona sobre Gonçalo Pinto. Aos 33', a equipa da Marinha Grande ficou perto de reduzir, mas o tiro de Arnaez bateu na barra da baliza benfiquista.

Com a vantagem de três tentos para as águias, o ritmo e intensidade em pista baixaram e as oportunidades claras de golo começaram a escassear, mesmo que, aqui e ali, o Marinhense tentasse alvejar a baliza de Pedro Henriques. Os da Marinha Grande foram recompensados, aos 44', através do golo da autoria de Korosec, que fixou o resultado final em 3-1.

Com este triunfo, o Benfica passa a somar 27 pontos na classificação e vira, agora, atenções para a Taça de Portugal, prova em que mede forças com o Nafarros.

Fonte/Foto- SL Benfica

1 Cab Unissexo