a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Bernardo Ramalho reforça ...

segunda , Jul. 04 2022
58

Termas OC com 3 reforços

segunda , Jul. 04 2022
98

Francisco Beirante é ...

segunda , Jul. 04 2022
65

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62103

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
30893

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25047

Inter-Regiões começa hoje

quinta , Abr. 06 2017
1744

Reviravolta vale triunfo ...

sábado , Jan. 05 2019
1226

Alteração de horário no ...

quinta , Fev. 06 2020
924

massagista inicial

 cl03233

Terminado o dérbi de hóquei em patins que encerrou a segunda fase do Campeonato Nacional, Nuno Pinto, treinador das Leoas, analisou a partida em declarações aos meios de comunicação do Clube, enaltecendo a "boa primeira parte" realizada pela sua equipa. "Devíamos e merecíamos ter ido a ganhar 1-0 para o intervalo. Tenho de aceitar o critério, mas o penálti a um minuto do fim põe o SL Benfica em igualdade. Nós ainda falhámos um penálti e também temos de nos queixar disso. Não estivemos felizes nas bolas paradas, mas era de inteira justiça que tivéssemos ido a vencer para o descanso", introduziu, continuando a análise.

"Depois voltámos a entrar bem no jogo, fizemos o 2-1 e tivemos novamente um livre directo contra... Hoje as bolas paradas foram decisivas, o SL Benfica marcou três e nós nenhuma. Isso faz a diferença num jogo difícil como este, frente a este adversário, mas fizemos um jogo tremendo. Lutámos imenso, mas há sempre qualquer coisa. Perdemos uma jogadora importantíssima na primeira parte [Rute Lopes], decisiva no nosso processo defensivo, mas isto ainda não acabou", atirou o técnico, perspectivando a fase decisiva que se segue.

"O play-off vem aí e o objectivo é claro: chegar à decisão e aí o que faremos é dignificar esta camisola à procura de ganhar. É importante as nossas atletas acreditarem cada vez mais que é possível fazer História com a conquista de um troféu. As jogadoras fizeram tudo o que estava ao seu alcance, mas há um campo psicológico a ultrapassar. Temos de ser capazes de assumir que em nossa casa temos de ter um resultado feliz", sublinhou, antes de abordar, por fim, o facto de as Leoas terem sido a melhor defesa do Grupo 1:

"É um momento que nos preocupa e trabalhamos muito para isso. Hoje sofremos quatro, mas três de bola parada. [Esse registo] Está também muito assente na qualidade da nossa defesa e das nossas duas guarda-redes, a Cláudia Vicente e a Alice Vicente, que são enormes, trabalham imenso e estão sempre à altura".

De seguida, Inês Vieira também falou aos meios de comunicação do Clube, afirmando que a equipa está pronta para as decisões. "Estes jogos são aqueles que mais gostamos de jogar e são os que melhor nos preparam para o que aí vem no final do campeonato. Temos um trabalho consolidado, conseguimos colocar isso em pista e temos de continuar a acreditar. Assim, certamente conseguiremos bons resultados", disse, acrescentando: "Temos de ver onde não temos estado tão bem, corrigir os erros cometidos nesta fase e minimizá-los nos play-offs. Nestes jogos quem errar menos vai ganhar, porque a qualidade é muita e praticamente idêntica".

Fonte/Foto- Sporting CP

manicure pedicure 1