a c e b o o k
  • Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

  • Hot
  • Top
  • Outras

Protocolo do Sistema de ...

quinta , Ago. 11 2022
58

Calendário da Elite Cup ...

quinta , Ago. 11 2022
86

WSE Continental Cup será ...

quarta , Ago. 10 2022
66

Hóquei fica mais pobre

segunda , Jul. 30 2018
62220

Patinagem reconhecida ...

segunda , Nov. 09 2015
31085

CM Feminino- Portugal ...

sábado , Out. 01 2016
25230

João Peixoto e Valença ...

terça , Jun. 26 2018
1571

Camp. Nac. Fem: Vitória ...

terça , Jan. 17 2017
2057

Hélder Nunes – “ Sabemos ...

quinta , Fev. 08 2018
1226

Curso Unhas de Gel Profissional 25h ed

291687276 10158318099221923 7400042566300915585 n

Quim Pauls é o novo coordenador do hóquei em patins do Sporting Clube de Portugal.

O antigo jogador e treinador do FC Barcelona e ainda ex-seleccionador e director desportivo da selecção espanhola, chega a Alvalade com a ambição de continuar a elevar o Clube na modalidade.

“O Sporting CP foi uma referência da modalidade nos últimos anos e o nosso objectivo é que continue a ser um dos principais clubes da Europa e do Mundo no hóquei em patins”, disse aos meios de comunicação Leoninos, mostrando-se satisfeito com este novo desafio na sua carreira: “O Sporting CP é um grande clube e no hóquei em patins é um dos principais. Estou muito animado e entusiasmado para conhecer melhor o Clube. Para mim trabalhar aqui é uma grande oportunidade, além de acreditar que juntos poderemos fazer um bom trabalho”.

Dizendo que “o desafio a longo prazo passa por trabalhar para conquistar títulos nacionais e internacionais e trabalhar/apostar também na formação, tanto masculina como feminina”, Quim Pauls sublinhou que “a formação é uma peça fundamental do projecto porque essa é a cultura do Sporting CP”.

Apesar de só agora ter sido oficializado, Quim Pauls já foi o responsável pela escolha do novo treinador da equipa principal verde e branca, tendo escolhido Alejandro Domínguez: “O Paulo Freitas fez um grande trabalho no Sporting CP e para igualar aquilo que ele fez, precisávamos de um treinador com características top. Olhei para várias possibilidades e considerei que o Alex era a melhor opção. Quando falei com ele, mostrou-se muito entusiasmado para vir e fiquei muito feliz por isso porque acho que podemos fazer um bom trabalho. A filosofia dele é muito parecida à minha e isso é muito importante. Além de ser um homem honesto e trabalhador, é importante que entendamos o hóquei da mesma maneira”.

É uma vantagem que ele já tenha treinado em Portugal durante algum tempo. O Alex conhece bem a filosofia das equipas portuguesas e conhece-as bem. Por isso mesmo, o processo de adaptação não será tão grande quanto seria com outro treinador”, justificou, revelando que o Sporting CP vai manter a equipa da época passada: “Vamos manter a mesma equipa porque é uma equipa vencedora e que consideramos que merece continuar a defender a nossa camisola. Queremos uma equipa que seja capaz de liderar, que mande sempre no jogo e que trabalhe na antecipação. Se tivermos uma grande equipa, podemos ter um modelo que seja ambicioso”.

Confiante para o futuro, o dirigente deixou ainda uma mensagem aos Sportinguistas: “Sofri na pele a intensidade e a paixão deles quando fui jogador e treinador, mas agora sou mais um Leão, careca (risos), mas um Leão. Queremos trabalhar para que os Sportinguistas se sintam orgulhosos das nossas equipas e com o nosso trabalho e gostava de ver sempre o Pavilhão João Rocha cheio. Ver o PJR a apoiar a nossa equipa é um aliciante e é essa a minha vontade: quero que todos vibrem connosco”.

Fonte/Foto- Sporting CP

cabeleireiroa 2